Odemira - Colos

Classificar centro

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)

284 KM DE TRILHOS 
4 NÍVEIS DE DIFICULDADE
9 PERCURSOS

O Centro Cyclin’Portugal de Odemira constitui-se na principal estrutura de apoio aos ciclistas da Costa Alentejana e Vicentina, mas também num convite para os portugueses e o público internacional que, além do gosto por pedalar, partilham o interesse pelo contacto com a natureza e por uma cultura rural viva e autêntica. Aos trilhos e caminhos rurais e de serra que podem ser usufruídos de bicicleta, juntam-se paisagens deslumbrantes, aldeias que parecem perdidas e pessoas que vivem estes trilhos como parte da sua herança. 

São 38 percursos circulares que somam mais de 1000km e se desenrolam em torno de 5 Núcleos ou Portas de Entrada: Odemira, São Teotónio, São Luís, Santa Clara-a-Velha e Colos. São organizados em 4 níveis de dificuldade, acessíveis a todos, dos principiantes aos mais experientes. Aproximadamente 340km são marcados no terreno, a contar todos os percursos verdes e azul e um percurso vermelho por Núcleo. 

Existe ainda uma Grande Travessia totalmente marcada no terreno - compatível com bicicletas de Gravel - que une os 5 núcleos ao longo de 145 km e articula-se com as Estações de Comboio da região, a permitir conhecer inúmeros recantos do Concelho de Odemira! 

Os mais de 1000 km de percursos BTT complementam uma oferta de 750 km de trilhos pedestres e um leque de actividades de natureza, cultura e bem-estar, além de uma rede de empresas locais parceiras da Rota Vicentina, que acreditam nos princípios de sustentabilidade que o projecto tem para a região. 

Para mais informações, consulte o site da Rota Vicentina e faça download da APP Rota Vicentina. 


informação

  • Associação Rota Vicentina

    (+351) 283 327 669

    Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

    https://rotavicentina.com/cycling/percursos-btt/

    37°35’49.0″N 8°38’45.8″W

  • A região fica situada entre Lisboa e o Algarve. Estando servida pelos aeroportos de Lisboa e Faro, é possível chegar às principais localidades do Sudoeste de carro, autocarro e comboio. O acesso até Sines ou Aljezur é feito através de autoestradas ou vias rápidas e os percursos dentro da região por estradas secundárias e algo sinuosas, caracterizadas pela beleza da paisagem. 

    Se pretende dispensar o carro, pode chegar de comboio ou autocarro e contar com o serviço de táxis ou transferes, garantidos por alguns prestadores turísticos. A região é servida pelas Estações de Comboio da Funcheira, Amoreiras-Odemira e Santa Clara-Sabóia. 

    O Centro Cyclin'Portugal de Odemira situa-se no Parque Ribeirinho da Vila de Odemira, em zona de lazer na margem esquerda do Rio Mira, ao final da rua César Mirandas. 

  • Verão: 8h00 – 20h00

    Inverno: 8h00 – 18h00


mapa de localização


Equipamentos e serviços

  • Oficina Self-Service
  • Lavagem de Bicicletas Gratuita

  • Balneários c/Banhos Gratuitos
  • WC
  • Aluguer de Bicicletas

  • Aluguer de GPS

  • Programas  BTT

  • Passeios  BTT

  • Painel Informativo

  • Alojamento Bike Friendly

  • Parque de Campismo

  • Turismo Rural

  • Praia Fluvial

  • Restaurante

  • Café

  • Percursos Pedestres

  • Outras Atividades

mapa geral de percursos

percursos

p41 verde

Percurso fácil que inclui uma pequena incursão pelo campo a Norte da aldeia de Colos. Embora curto, o percurso propicia uma variedade interessante de cenários, passando por várias quintinhas, pequenos montados e vastas pastagens, no meio de uma vegetação essencialmente dominada pelo sobreiro, a azinheira e a oliveira.

Distância: 5,5 km

Tempo: 0h30- 0h45

Desnível Acumulado: 60 m

p42 verde

Percurso fácil que faz uma pequena incursão pelo campo a Norte da aldeia de Colos e até à ribeira da Gente. Embora curto, o percurso propicia uma variedade interessante de cenários, passando por várias quintinhas, pequenos montados, vastas pastagens e uma pequena charneca, no meio de uma vegetação dominada essencialmente pelo sobreiro, a azinheira e a oliveira.

Distância: 8,5 km

Tempo: 1h00- 1h15

Desnível Acumulado: 90 m

p43 azul

Percurso de nível moderado, que se desenrola a Oeste da aldeia de Colos. O percurso passa primeiro na comunidade Tamera, uma das maiores ecovilas em Portugal, e mais à frente atravessa a típica vila de Relíquias. Pelo caminho propicia uma variedade interessante de cenários, desde quintinhas, montados, pastagens e charnecas.

Distância: 18,5 km

Tempo: 1h30-2h00

Desnível Acumulado: 300 m

p44 vermelho

Percurso difícil, muito variado, que se desenrola a sul de Colos atravessando zonas remotas de uma natureza praticamente selvagem. No início vai para Oeste na direção da comunidade Tamera, uma das maiores ecovilas de Portugal, continuando a seguir para Sul e logo para Este. Percorre sobretudo estradões rurais e florestais, quase sempre no meio de uma deslumbrante vegetação com muito montado e pastagens.

Distância: 51,5 km

Tempo: 3h30-4h00

Desnível Acumulado: 725 m

p45 vermelho

Percurso difícil, muito variado, que atravessa zonas remotas através de uma natureza preservada. Para além de inúmeras pequenas subidas e descidas, tem como principais dificuldades a difícil e mítica subida à Senhora das Neves (km 11) e a subida no interior de Relíquias (km 30). Na Senhora das Neves (km 12) aproveite para fazer um piquenique junto à ermida e apreciar a paisagem panorâmica.

Distância: 36,5 km

Tempo: 2h30-3h30

Desnível Acumulado: 585 m

p46 preto

Percurso muito difícil e um pouco mais exigente do que o vermelho do mesmo Núcleo que também vai à Senhora das Neves. O percurso passa sobretudo por caminhos e estradões rurais, quase sempre no meio de vegetação autóctone, entre montados, pastagens, charnecas e arrozais. Para além de Relíquias atravessa ainda as aldeias de Vale de Santiago, Parreiras, Bicos, Campo Redondo, ribeira do Seissal, Monte da Estrada e Vale de Ferro.

Distância: 62,5 km

Tempo: 4h00- 5h00

Desnível Acumulado: 830 m

p47 preto

Percurso muito difícil e pitoresco, que se desenrola a Sul de Colos e que acaba por ser um prolongamento do percurso “44 Vermelho Funcheira”, com o objectivo de lhe acrescentar a visita à Barragem do Monte da Rocha. Passa em Relíquias, Amoreiras-Gare (que tem estação de comboios), aldeia das Amoreiras, Monte do Saraiva, Garvão e Santa Luzia.

Distância: 76,5 km

Tempo: 5h00- 6h00

Desnível Acumulado: 1160 m

p48 verde

Percurso fácil que faz uma pequena incursão pelo campo a Sul da aldeia de Colos. Propicia uma variedade interessante de cenários, passando por inúmeras herdades, pequenos montados e pastagens. Embora verde, este traçado comporta algumas dificuldades fruto de um sobe e desce quase permanente.

Distância: 9,5 km

Tempo: 0h45- 1h15

Desnível Acumulado: 150 m

p49 azul

Percurso moderado que faz uma pequena incursão pelo campo a Sul e a Este da aldeia de Colos. Embora mais longo do que o verde, acaba por ser relativamente fácil pois a partir do km 3.5 é quase sempre a descer, com curtos troços em subida ligeira. Logo nos 2 primeiros km há 3 curtas subidas, todas elas bastante íngremes, podendo ter pontualmente declives próximos dos 15%.

Distância: 15,5km

Tempo: 1h00-2h00

Desnível Acumulado: 175 m

Parceiros institucionais

Pesquisar

Contactos FPC

  • Rua de Campolide, 237
    1070-030 Lisboa
  • (+351) 213 802 140
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Newsletter