Arganil

Classificar centro

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0.00 (0 Votes)
HOMOLOGADO EM ...

150 KM DE TRILHOS 
4 NÍVEIS DE DIFICULDADE
4 PERCURSOS

Instalado na localidade de Coja, Concelho de Arganil, o Centro de BTT da Serra do Açor, integra o território que lhe confere o nome. A Serra do Açor é uma montanha predominantemente xistosa que integra a cordilheira central, em conjunto com a Serra da Lousã e a Serra da Estrela, abrange os grande parte dos Concelhos de Arganil e Pampilhosa da Serra e parte dos concelhos de Góis, Oliveira do Hospital, Seia e Covilhã, atinge os seus pontos mais altos em S. Pedro do Açor (1342m) e Cebola (1418m), estendendo-se por uma área superior a 25 mil hectares.

Há muitos séculos, as verdes pastagens da Serra do Açor, atraíam grupos de pastores que aí levavam os seus rebanhos. Diz-se mesmo que esses pastores seriam os Lusitanos, hábeis criadores de cavalos que povoavam os Montes Hermínios (Serra da Estrela). Ao longo dos tempos as populações foram criando condições para a sua subsistência, conquistando à Serra cada pequena leira cultivada em socalcos.

A agricultura, pastorícia e a apicultura constituíram assim as principais atividades das populações. Pelo alto da Serra do Açor passava a antiga estrada real que ligava Coimbra à Covilhã por onde circulavam caravanas de carros de bois que traziam do litoral o peixe e o sal para levarem no regresso a carne, o queijo, os lanifícios e até gelo, das terras do interior. Para além de histórica, a Serra do Açor é um concentrado de beleza natural, é uma montanha fendida por dezenas de ribeiras de águas límpidas e pequenas e belas povoações que merecem ser descobertas, como é exemplo as Aldeias do Xisto de Benfeita e Vila Cova de Alva. Nesta área é possível ainda encontrar uma das relíquias da floresta autóctone portuguesa, a Mata da Margaraça, que integra a Paisagem Protegida da Serra do Açor e a Rede Natura 2000.


informação

  • 235 200 150

    Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

    http://www.cm-arganil.pt/viver/outros-espacos-desportivos/centro-btt-da-serra-do-acor/

    40°16'01.7"N 7°59'18.7"W

  • Para chegar a Coja, onde se localiza a estrutura de acolhimento de Centro de BTT, a partir da A1, deverá utilizar-se a saída de Coimbra Norte, seguindo o IP3 em direção a Viseu durante aproximadamente 28km, saindo no IC6 em direção a Arganil. A partir do IC6 poderá dirigir-se para Coja via Arganil pela EN342-2 e EN342 ou sair diretamente da IC6 para a antiga EN344 até Coja. Já em Coja deve dirigir-se ao parque do Prado.

  • Disponível em breve...


mapa de localização


Equipamentos e serviços

  • Turismo Rural

  • Restaurante

  • Café

  • Praia Fluvial

  • Percursos Pedestres

  • Balneários c/banhos pagos

  • WC

  • Lavagem de Bicicletas paga

  • Oficina Self-Service

  • Outras Atividades

Mapa Geral de percursos

percursos

p31 verde

O percurso percorre na fase inicial algumas ruas estreitas de Côja, em direção à Ponte Romana onde inicia o trajeto por pisos de terra batida, em direção ao Parque do Vale. Nesta fase o percurso segue pelo limite do perímetro urbano de Côja em direção ao Aeródromo e à zona das antigas indústrias cerâmicas, sempre em caminhos de terra batida. Contornada esta zona o percurso inflete para este em direção à Quinta dos Vales, atravessando de seguida a zona de Gândara. Neste local inicia-se a abordagem a Côja, através de um caminho pavimentado descendente, até ao interior desse aglomerado. A travessia desta localidade é efetuada através das ruas antigas, passando junto ao centro paroquial e à Biblioteca, em direção à área agrícola pelo caminho da Senhora da Ribeira seguindo um trilho agrícola que acompanha uma levada, até ao fim, no Parque do Prado.

DISTÂNCIA: 7,1 km

TEMPO: 1h a 1h30

DESNÍVEL ACUMULADO: 180 m

 

p32 azul

O percurso percorre na fase inicial, em conjunto com o percurso verde, algumas ruas estreitas de Côja, em direcção à Ponte Romana onde inicia o périplo por pisos de terra batida, em direção ao Parque do Vale. Nesta fase o percurso segue pelo limite do perímetro urbano de Côja em direção ao Aeródromo e à zona das antigas indústrias cerâmicas onde abandona o percurso verde seguindo para norte, sempre em caminhos de terra batida. Deste o local o percurso contorna o Aeródromo a norte e segue ao longo do vale do Rio Alva, na interface da zona agrícola e florestal, até à ponte de pedra sobre o Rio Alva, em Barril de Alva. Neste local o percurso inverte o sentido seguindo novamente em direção a Côja, paralelamente ao sentido ida, mas a uma cota superior, permitindo uma boa visibilidade sobre o Vale do Alva, passando pela zona de “Vales”, até à proximidade dos barreiros das antigas industriais cerâmicas. Nesta zona o percurso inflete para sul em direção a Casal de S. João, através da zona de Gândara. Na localidade de Casal de S. João o percurso efetua uma travessia em alcatrão com cerca de 0,65 km, num caminho municipal pouco movimentado, deixando a partir de um caminho à direita, em direção ao aglomerado de Pisão. A travessia desta localidade é efetuada através das ruas antigas, passando pela igreja, em direção  à área agrícola pelo caminho para Casal Mourão e Vale de Carro. A partir desta zona o percurso segue sempre o sentido da Ribeira da Mata da Margaraça através de caminhos agrícolas e um troço de 0,25 km de alcatrão até à Senhora da Ribeira, onde é efetuada a travessia da Ribeira a vau ou através de uma ponte, encontrando-se de seguida com o percurso verde, seguindo um trilho agrícola até ao fim, no Parque do Prado.

DISTÂNCIA: 16,75 km

TEMPO: 2h00 a 3h00

DESNÍVEL ACUMULADO: 350 m

 

 

p33 vermelho

Descrição em breve... 

DISTÂNCIA: 39,8 km

TEMPO: 3h30 a 4h30

DESNÍVEL ACUMULADO: 1210 m

 

p34 preto

Mais informações brevemente..

Distância: 84,8 km
Tempo: 4h30 a 6h30
Desnível Acumulado: 2450 m

ligações institucionais

Pesquisar

Contactos FPC

  • Rua de Campolide, 237
    1070-030 Lisboa
  • (+351) 213 802 140
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Newsletter